*/

quinta-feira, 21 de março de 2013

Sapo ou príncipe!? Depende muito de você.



Ultimamente ouço muitas garotas falarem que nenhum garoto quer nada a sério. Que os homens só querem curtir e esquecer no dia seguinte. Que elas cansaram de entregar seus corações para alguém que está sempre indisponível para relações sérias e um monte de blá blá blá que já virou rotina e clichê. Tem sempre uma garota reclamando, tem sempre um coração partido, tem sempre um amor não correspondido. Só que tem o outro lado. O outro lado da moeda, essas garotas, essas mesmas que vivem jogando pedra no telhado alheio colocam expectativas demais em outro ser humano. Elas querem o cara perfeito. Elas querem o cara romântico com direito a buquê de flores e jantar romântico. Aliás, todas nós queremos, não quero bancar a exceção a regra e nem nada. Só que meninas vocês tem que aprender que tudo na vida tem que ser lapidado, tem que ser moldado, tem que ser modificado.
Os garotos não são perfeitos, nem são príncipes e nem chegam com manual de instrução, assim como nós, mulheres, também não somos nem perfeitas nem fáceis de decifrar. Não quero bancar a tia velha de ninguém, nem a conselheira amorosa tão pouco, mas se vocês querem encontrar o príncipe, ai vai umas dicas bem básicas e rápidas.





    1 Garotos são imperfeitos assim como garotas: 

      Eles não conseguem decifrar a gente e vice-versa; se colocarmos expectativas demais no garoto acabamos nos frustrando e  a eles mesmo. Entenda que todo mundo tem defeitos e qualidades, manias agradáveis e desagradáveis. A primeira coisa a se fazer é: Respeitar. Respeite o tempo dele, respeite o espaço dele, respeite a opinião e respire e ouça antes de rebater uma critica ou um conselho.



  2-       Se quisermos um príncipe devemos agir como princesas:

 Não adianta falarmos que os homens não prestam se a gente também não prestar. É tipo uma leia da vida ou quase isso. Aposto que você já ouviu sua mãe dizer: Diga-me com quem tu andas e eu direi quem tu és. Eu só mudaria a frase e diria: Diga-me como tu ages e eu te digo o tipo de relacionamento que terá. É mais ou menos por ai, se nos comportamos direito, eles nos verão com outros olhos. Se agirmos como princesas, atrairemos príncipes, por que sapo se sentiria intimidado com princesas, com tudo de bom que elas são.


1-      Garotos também amam... Da forma deles:

As vezes a gente entra num relacionamento fantasiando um mundo de “oz”. Que transformaremos o homem de lata por um homem de lata com um coração e tudo mais. Só que já imaginar, desejar e querer que o garoto seja o cara dos sonhos já é um erro gravíssimo de inicio de namoro. Nós garotas demonstramos com mais intensidade, declaramos mais, sentimos mais também ( Algumas) e os garotos eles também sentem, declaram e vivem intensamente, eles só mostram de maneira diferente. Então antes de dizer que ele não te ama por não dizer isso, procure notar se ele já não diz te amo só como age com você, só como fala, até como diz bom dia. Eu ainda acredito – para mim – que é mais romântico dizer eu te amo com atitudes.

4 - Ele aparece como sapo por que não sei ser princesa:

Tem algumas garotas que só atraem sapos, sério. Eu poderia detalhar vários tipos, mas como eu ainda respeito o jeito de todo mundo, a maneira de se vestir, as músicas que escutam e etc e tal, eu prefiro só dizer que o ambiente em que andamos conta na hora de encontrar um cara legal, que as roupas que usamos também, que o jeito de pensarmos também, que a nossa atitude ou falta dela também. Tudo conta.


5 – Mas às vezes o príncipe vem como sapo:

Essa é a principal. É essa que devemos entender. As pessoas mudam, sim. Às vezes ele é tão sapo que acreditamos que seja impossível virar príncipe. Às vezes ele é tão irritante, sem jeito, tosco... Que deixamos a ideia de que o beijo vai resolver a pendência. Mas é tudo questão de jeito e de sentimento. Quando amamos alguém acreditamos que essa pessoa vá mudar. Acreditamos que ela vá nos merecer e fazer por onde merecer. Devemos não apenas acreditar, mas ajudar, mostrar o caminho, dizer na cara, que nem a Manu : “ Olha com carinho pro nosso amor...”. O sapo pode virar principe, sim. Como o principe pode virar sapo. Depende muito de tantas coisas. Depende da princesa que há em nós e depende do amor que há em ambos.



1 comentários

claudia goliver 30 de maio de 2014 10:14

Belas dicas gostei rs :D

Postar um comentário

Seguidores